ABIMAQ - 31/01/2018 | Por:

Voltam as boas notícias ao mercado de máquinas


As vendas realizadas pela Indústria de Bens de Capital Mecânicos cresceram 0,9% em dezembro/17, em função do aumento das vendas para o mercado externo (+16,3%). Na comparação interanual, a receita líquida registrou queda  (-0,6%).

No ano (jan-dez), apesar da queda de 2,9%, houve redução gradativa das taxas de queda nas vendas em função do crescimento das exportações que voltaram a níveis médios mensais de 2011 e 2012.

A curva da receita de vendas acompanhou o desempenho sazonal do setor.

Em dezembro a receita registrada foi de R$ 5,4 bilhões, ligeiramente abaixo da receita observada no mesmo mês de 2016, mas ainda 45% inferior ao resultado médio dos meses de dezembro no período pré-crise. Este resultado acumulado corresponde a 5 anos consecutivos de queda nos níveis de investimento país, interrompida somente no 2º semestre de 2017, período em que o setor registrou pequeno crescimento de 0,5% em relação ao segundo semestre de 2016.

O crescimento observado no final do ano deverá continuar ao longo de 2018.

As importações de Bens de Capital Mecânicos registraram retração no mês de dezembro/17.

Após interromper 14 meses consecutivos de queda em setembro, em dezembro as importações voltaram a registrar  queda na comparação interanual (-5,2%). Em relação ao mês imediatamente anterior também houve queda e foi de 2,6%.

O ano de 2017 encerrou com a quarta queda consecutiva nas importações de máquinas e equipamentos (-17,2%).