Covid-19 - 15/04/2020 | Por:

Cummins Brasil mantém programa Formare com aulas à distância


A Cummins Brasil mantém aulas ministradas pelos EVs (Educadores Voluntários), mesmo com o distanciamento social, aos 20 alunos da 7ª turma do Formare, programa de capacitação de jovens em desvantagens socioeconômica para o mercado de trabalho, com duração de um ano. Frente ao cenário de pandemia causada pelo Covid-19, desde o dia 23 de março, os 20 estudantes recebem aulas virtuais elaboradas pelos responsáveis de cada disciplina.

A iniciativa veio dos próprios educadores das matérias de base instrumental, ou seja, conteúdos mais teóricos e gerais. As aulas estão sendo encaminhadas diretamente aos alunos em formato de apresentação, acompanhado, na maioria das vezes, de videoaula ou audioaula.

De acordo com Luciana Capone, coordenadora do programa Formare Cummins, “encontramos esse formato para manter, de acordo com as possibilidades, nossa turma em processo de aprendizado. Ao término de cada aula, também estamos propondo exercícios baseados no conteúdo aplicado”.

Ainda segundo Capone, “tivemos dificuldades no início para encontrarmos uma ferramenta que atendesse toda turma e acabamos optando pelo WhatsApp. Foi um denominador comum, já que por meio dele, os alunos conseguem mesmo com pacote dados reduzido, ter acesso aos conteúdos”.

Os 20 participantes que ingressam no Formare Cummins anualmente recebem por meio dos EVs (Educadores Voluntários) conteúdos diários. A metodologia do programa é desenvolvida pela Fundação Iochpe, atuante no setor há mais de 25 anos, que tem como meta qualificar os jovens da comunidade para o mundo do trabalho, envolver seus funcionários de modo a desenvolver habilidades que impactem em suas vidas pessoais e profissionais e fortalecer ainda mais a relação da empresa com a comunidade, a fim de contribuir com mudança no estilo de vida dos envolvidos.