Autopeças - 26/10/2018 | Por:

IPA conquista certificações IATF 16949:2016 e ISO 9001:2015


A IPA, empresa nacional que atua no setor de produtos de plástico fabricados por processos de sopro e injeção, líder de mercado no Brasil na fabricação de tanques de combustível, acaba de conquistar as certificações IATF 16949:2016 e ISO 9001:2015 (ambas para a unidade de Jaguariúna-SP), que atestam a eficácia do Sistema de Gestão de Qualidade da companhia, sendo que a primeira atende aos requisitos mais recentes do setor automotivo e é uma das mais importantes chancelas para o segmento.

Com isso, a IPA fecha o ciclo das duas certificações para todas as suas plantas no Brasil – além de Jaguariúna, as unidades de Caçapava-SP, Gravataí-RS, Porto Real-RJ e Anchieta, em São Bernardo do Campo-SP, também já haviam obtido as duas chancelas em 2017. Para Alexandre Keiji, diretor de Engenharia da IPA, “os reconhecimentos obtidos nos últimos anos em todas as fábricas comprovam que a empresa está evoluindo constantemente na excelência do desenvolvimento do controle de seus processos, dentro de um conceito globalizado e padronizado, que é exigido atualmente pelas montadoras em todo o mundo”.

Além da IATF 16949 e da ISO 9001, a IPA também é certificada na ISO 14001 (Sistema de Gestão Ambiental), obtida em 2018 para a unidade de Gravataí-RS. O objetivo da empresa é que as outras unidades também consigam a mesma certificação até 2019. E, especificamente para o setor automotivo, a empresa possui o selo VDA 6.3 – para a Volkswagen para três de suas fábricas – Caçapava, Jaguariúna e Anchieta (esta com nota 90A). A norma VDA (Verband der Automobilindustrie e.V.) foi desenvolvida pela indústria automotiva da Alemanha para certificação do sistema de gestão da qualidade dos fornecedores de montadoras do país, como Volkswagen, Audi, BMW, Porsche, Mercedes-Benz e outros. Com isso, a IPA está credenciada como fornecedor de excelência para a fabricante alemã.

As auditorias foram realizadas no 2º semestre de 2018, em processo conduzido pela DQS do Brasil, com foco no comprometimento pela melhoria contínua da qualidade dos processos, produtos e atendimento aos requisitos dos clientes dentro da operação. Entre os pontos positivos destacados pelos auditores estiveram a sistemática de planejamento anual, a sistemática de análise de risco para gestão de auditorias, a competência para realização de auditorias internas de processo com base nos requisitos de clientes, as verificações de produtos diárias em cada processo de manufatura e a experiência dos operadores de produção.

A implementação de kaizens (metodologia que permite baixar o custo e aumentar a produtividade) e os resultados alcançados como a redução de estoques de componentes na montagem – por meio da estratégia de gestão FIFO (first in, first out) em tanques e gargalos – também serviu para fortalecer o engajamento de toda a equipe.

O CEO da IPA, Tarcísio Telles, completa: “essa é uma conquista de todos os envolvidos. O conjunto de certificações envolvendo todas as unidades mostra que continuamos buscando o nível máximo tanto no aperfeiçoamento das nossas operações como no atendimento de demandas cada vez mais rígidas e específicas dos clientes”.